Estado do Pará aparece entre os principais destinos de viagem. Alter do Chão encanta pelas belezas naturais e águas cristalinas.

Uma pesquisa realizada por um site especializado em tendências de viagens, apontou o estado do Pará como uma das principais rotas escolhidas pelo turista brasileiro para visitação durante o ano de 2017. Seja pela beleza das praias, seguida da rica gastronomia e cenários paradisíacos, Alter do Chão, em Santarém, oeste do Pará, entrou na lista como um dos destinos preferidos dos viajantes.

No entanto, muita ainda coisa ainda falta melhorar para receber o visitante da melhor forma possível para que ele queria retornar à cidade e indicar a vila balnearia a amigos e parentes. Estratégias para que a região seja mais atrativa e todo potencial turístico seja aproveitado estão sendo desenvolvidas. Uma vez que a Alter do Chão é o foco do turismo local.

Segundo o Sebrae, a maior reclamação por parte dos turistas diz respeito efetivação de políticas públicas que valorizem o turismo. “O foco do turismo local é Alter do Chão, que já uma praia famosa no país e fora. Temos que ter a preparação do ambiente, como por exemplo, asfaltar ruas.

É necessário qualificar a mão de obra, tem a questão coleta de lixo e isso é aos poucos conforme a cidade vai crescendo, essa parte vai evoluindo” explica o gestor de projetos do Sebrae, José Luis.

A atividade turística gera renda, emprego e contribui para a valorização da cidade ou praia visitada, movimenta atividades culturais e demais setores. A turismóloga Erbena ressalta que grande parte das pessoas que viajam querem sair do cotidiano e ir para lugares diferentes que garantam hospitalidade desses locais. “Tem que ter segurança, infraestrutura, saneamento básico, os turistas querem encontrar isso quando saem de suas casas”, disse.

Dados

O estado do Pará obteve boa colocação de acordo com a pesquisa, ficando atrás do destino de viagem para Serra Gaúcha. Segundo a Infraero no ano de 2015 foram registrados 658.334 passageiros embarcados e desembarcados no Aeroporto Maestro Wilson Fonseca, em Santarém.

Topo